Anjos chegam ao Rio de Janeiro.


Anjos selecionados



Nesta segunda-feira (29/11), a Redentor recebeu o projeto Anjos da Enfermagem. O Instituto Anjos da Enfermagem foi fundado no Ceará/CE em 2004, após uma estudante de Enfermagem ler o livro “Terapia do Amor”, que retrata a vida do médico norte-americano Hunter Adams, mais conhecido como Patch Adams. Em 2007, o grupo firmou uma parceria com o Hospital Maternidade São Vicente de Paula – Centro de Oncologia de Cariri/CE. Atualmente, o projeto está presente em 15 estados brasileiros. O Rio de Janeiro é o 16º estado a receber os Anjos da Enfermagem através da Redentor.

O projeto Anjos da Enfermagem: educação e saúde através do lúdico tem como parceiro o Conselho Federal de Enfermagem e Conselhos Regionais de Enfermagem.

O programa tem como missão, articular ações que promovam o exercício da cidadania dos estudantes e profissionais de Enfermagem, de todo território nacional, com a perspectiva de apoio a crianças com câncer e humanização da saúde. Faz parte do maior movimento de Enfermagem do Brasil em prol das crianças com câncer.

A implantação do projeto Anjos da Enfermagem na Redentor, partiu da iniciativa da coordenadora do curso de Enfermagem, professora Rejane Freitas. Há quatro anos a professora acompanha o trabalho desenvolvido pelos Anjos e não mediu esforços para que a Redentor fosse a primeira e única faculdade do estado do Rio de Janeiro a participar do projeto, visto que, só há um projeto por estado.

Durante a solenidade de implantação do projeto, estiveram presentes a professora Rejane Freitas, a assessora técnica do Conselho Nacional de Enfermagem Márcia Medeiros, a coordenadora Estadual dos Anjos da Enfermagem e conselheira do Conselho Regional de Enfermagem Georgina Rodrigues de Freitas, e o técnico de Artes do Instituto Anjos da Enfermagem, de Cariri/CE, Getúlio Dionísio (conhecido popularmente como Tio Gê), que é o responsável pela seleção dos Anjos.

Segundo Georgina e Tio Gê, a Redentor possui todas as exigências necessárias para a implantação do projeto, por isso, a instituição foi escolhida para receber os Anjos da Enfermagem.

Cinquenta alunos de Enfermagem participaram da seleção dos Anjos da Enfermagem, que ocorreu durante toda semana, mas somente oito foram escolhidos para compor o grupo. Esses deverão atuar como voluntários durante um ano e após esse período, novos alunos serão selecionados. Todos poderão participar.

Os Anjos da Enfermagem foram apresentados hoje (02/12) à equipe do Hospital São José do Avaí, onde iniciarão o trabalho.

Fonte: Faculdade Redentor Leia mais...

Novos Anjos no Cariri.


8 novos anjos

De 25 a 28 de Novembro, foram selecionados, novos anjos da enfermagem Núcleo Ceará/Cariri.

Foram 50 inscrições, que acabaram ainda no primeiro dia. Muita emoção com as oficinas realizadas por Flávio Rocha.

Os anjos do Cariri, também tiveram a honra de descerrar a placa da Universidade do Bem, junto com Dr. Manoel Carlos Neri - Presidente do COFEN.


A esquerda Dr. Mario Correia - presidente Anjos da Enfermagem, Dra. Jakeline Duarte - Fundadora e Coordenadora Nacional, Dra. Erine Dantas Bezerra - Faculdade Leão Sampaio A Direita - Dr. Manoel Carlos - Presidente do COFEN e Dr. Coutinho - Conselheiro Federal


Descerramento Placa Universidade do Bem

Assessoria de Comunicação - AE Leia mais...

Dra. Jakeline Duarte Homenageada pelo COREN - CE e COFEN


Mesa de Abertura

“A defesa da saúde e a qualidade de vida não é uma prerrogativa somente para os usuários da saúde pública é também de todos nós que a colocamos em prática, com nosso trabalho e compromisso. Por isso convidamos os representantes de todos os setores da Enfermagem para uma discussão aberta sobre os caminhos de nossa profissão”. Com essas palavras o Conselheiro Federal, Dr. Osvaldo Albuquerque Sousa Filho abriu a programação do 1 Encontro dos Profissionais de Enfermagem do Cariri, no auditório lotado da Faculdade Leão Sampaio (Campus Saúde) em Juazeiro do Norte, no Ceará.

As presenças do Dr. Manoel Carlos Neri da Silva (Presidente do Cofen), Dra. Sâmya Oliveira (Presidente da ABEn-CE) e o Dr. Augusto Benevides (representando o Sindicato dos Enfermeiros), abrilhantaram o evento. Participaram ainda da mesa de abertura, os Conselheiros Federais Dr. Antonio Marcos Freire e Dr. Antônio José Coutinho de Jesus.



360 profissionais e estudantes de Enfermagem assistiram atentos aos temas do encontro. As especificidades da NR 32 também entraram no palco das discussões que exigem uma atenção maior das políticas públicas de saúde, com uma especialista no assunto, a Conselheira Federal Dra. Ivone Martini de Oliveira. A professora Dra. Eucléa Gomes do Vale, ex-presidente da ABEn destacou de forma brilhante a Gestão do Trabalho em Enfermagem e a Dra. Dorisdaia Carvalho (Cofen) levantou um grande debate ao abordar a Visibilidade Social e Qualidade da Formação dos Profissionais de Enfermagem.

502 kg de alimentos não perecíveis que foram arrecadados durante o evento, foram doados ao Instituto Anjos da Enfermagem, que mantém uma Casa de Apoio em Barbalha/CE para atender as famílias de crianças com câncer. Segundo a Dra. Jakeline Sheilla Duarte Pereira, fundadora da Instituição, os alimentos se transformarão em cestas básicas, que serão entregues às famílias cadastradas na ONG. O trabalho de responsabilidade social da Enfermeira foi reconhecido pelo Cofen e pelo Coren-CE que homenagearam a profissional pela seriedade com que conduz a Instituição.


Dr. Manoel Neri- Presidente do COFEN, Dra. Jakeline Duarte - Fundadora e Coordenadora Nacional dos Anjos da Enfermagem e Dr. Osvaldo Albuquerque - Presidente COREN- Ceará.

"Ofereço essa homenagem a todos os profissionais de enfermagem, que estão em hospitais e nos PSFs, lutando pela vida." Disse emocionada Jakeline Duarte - Fundadora do Instituto.

Homenagens foram prestadas ainda, a Dra. Carmem Osterno – Coordenadora Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, Dra. Mirian Sobreira - Deputada eleita no Ceará e Dra. Ana Maria Barreto de Araújo Couto - Destaque na Saúde no Município de Barbalha/CE.

Fonte: COREN CE Leia mais...

Novos anjos no Paraná


Novos Anjos

Depois de um ano com o Projeto Anjos da Enfermagem funcionando no Paraná, oito voluntários foram selecionados para serem os novos “Anjos da Enfermagem Paranaense”.

Durante toda uma semana de trabalhos o Técnico de Artes, Edson - o “Fusquinha”, do Instituto Anjos da Enfermagem efetuou a seleção de novos estudantes de Enfermagem do Centro Universitário Campos Andrade para trabalhar junto a crianças do Hospital Pequeno Príncipe.

Segundo “Fusquinha” a seleção dos novos voluntários não foi difícil: “ Dá pra ver que eles tem amor e carinho para dar. E isso é uma das coisas mais importantes para que esse projeto funcione”. Edson trabalha a mais de dois anos no Instituto e já selecionou voluntários de mais de cinco estados.

Os novos voluntários terão um ano de trabalhos a serem efetuados não só dentro do Hospital, mas também em eventos do CorenPR e do Cofen.

Fonte:
Coren-PR
Leia mais...

Dia Nacional do Combate ao Câncer Infantil

Nesse sábado, 20 de novembro, os Anjos da Enfermagem celebraram o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infanto-juvenil, que é comemorado no dia 23 de novembro em todo Brasil.
Foi realizada uma blitz, para divulgação da campanha doe, que tem como objetivo aquisição da sede própria do Centro de Apoio as Crianças com Câncer do Cariri, entidade mantida pelo Instituto Anjos da Enfermagem e que atende cerca de 34 crianças em tratamento contra o câncer em Barbalha.



Anjos em ação



Campanha Doe



Abordagem


Apoio da população

Assessoria de Comunicação- AE Leia mais...

Anjos da Enfermagem, agora no Rio de Janeiro



Nesta semana o curso de Enfermagem da Redentor, coordenado pela professora M.Sc. Rejane Freitas, recebeu a visita da conselheira do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren) Georgina Rodrigues de Freitas e do coordenador de relações institucionais Marcos Vitorino. O objetivo da visita foi estreitar as relações e estabelecer vínculos promissores com a Instituição de Ensino e também apresentar aos alunos o projeto Anjos da Enfermagem que está sendo implantado na Redentor.

“Gostaríamos de ressaltar que estamos muitos felizes em ter a Redentor como parceira neste projeto pioneiro no Estado do Rio. Através dos Anjos da Enfermagem, propiciaremos aos estudantes e participantes uma visão mais humanizada do trabalho do enfermeiro”, afirmaram.

Box – O projeto Anjos da Enfermagem, educação e saúde através do lúdico, faz parte dos projetos desenvolvidos pelo Instituto Anjos da Enfermagem em parceria com o Conselho Federal de Enfermagem e Conselhos Regionais de Enfermagem.

O programa tem como missão, articular ações que promovam o exercício da cidadania dos estudantes e profissionais de enfermagem, de todo território nacional, com a perspectiva de apoio a crianças com câncer e humanização da saúde. Faz parte do maior movimento de Enfermagem do Brasil.

Fonte: Assessoria de Comunicação - AE Leia mais...

ANJOS PARTICIPARÃO DA INAUGURAÇÃO DO CENTRO PEDIÁTRICO DO CÂNCER



O Centro, que atenderá crianças e adolescentes do Estado do Ceará e do Norte e Nordeste, será o único com 71 leitos de UTI nessas regiões

Levar esperança aos corações dos familiares e humanizar o tratamento às crianças com câncer. Esses são os principais objetivos do Centro Pediátrico do Câncer, nova unidade do Hospital Peter Pan,que será inaugurada no próximo dia 27, às 18h30min, na Avenida Alberto Montezuma, 350, Vila União. A iniciativa do centro foi da Associação Peter Pan(APP), entidade sem fins lucrativos de luta contra o câncer infanto-juvenil.

Composta por uma área de 3.270 m², a nova estrutura custou cerca de R$ 7,5 milhões e oferece 71 leitos, entre eles, Unidades deTerapia Intensiva (UTIs), salas de quimioterapia, enfermaria, consultórios médicos, brinquedoteca, projeto ABC + Saúde e atendimento psicológico. Outros serviços hospitalares, a decoração temática e os jardins e parques reforçam a filosofia de atendimento humanizado proposta pela Associação Peter Pan.

De acordo com Olga Maia, presidente da Associação Peter Pan, a conclusão das obras do novo Centro Pediátrico do Câncer vai trazer grande melhoria no atendimento do Hospital Peter Pan. Segundo ela, isso foi possível graças aos patrocinadores e parceiros, que apostam em ummundo melhor através do amor ao próximo. “Juntos, nós podemos sempre mais”, ressalta.

O centro terá capacidade de atendimento integral, possibilidade de 70% de cura, redução significativa do índice deinfecção hospitalar – pois não dividirá espaços com outras patologias – trabalho de pesquisas pela integração de profissionais e universidades e totalassistência e tratamento humanizado para as famílias por meio dos 20 programassociais existentes. Segundo a médica de Onco-hematologia Pediátrica, Selma Lessa, o CPC será o único com UTI oncológica do Norte/Nordeste com 7 leitos e que ainda funcionará 24h para todos os tipos de atendimento.

A unidade funcionará como anexo do Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), que responderá pelo aparelhamento, corpo clínico,mão de obra, medicamentos e custeio necessário para o funcionamento. Oinvestimento do Hias na compra de materiais – que vão desde eletroeletrônicos emóveis até mesa cirúrgica e desfibrilador – foi de quase R$ 1,5 milhão. “Járealizamos tratamento contra o câncer infantil no Hospital Albert Sabin desde adécada de 80. Agora em parceria com a Associação Peter Pan, iniciamos um marco comum espaço específico para o atendimento de qualidade e humanizado às criançascom câncer”, destaca Walter Frota, diretor geral do Hias.

A concretização da ampliação do Centro Pediátrico do Câncer contou com o patrocínio de empresas e entidades como a Casa da Criança, Instituto Ronald MC Donald, Receita Federal, Caixa Econômica Federal, Governo do Estado do Ceará e MPX, empresa do grupo EBX e com o apoio de empresas como a Celebre Eventos, Verve Comunicação e VSM Comunicação.

Criada em 1997, a Associação PeterPan (APP), assiste a 1.500 crianças e adolescentes, bem como seus familiares,no Estado. Vem realizando um voluntariado responsável e transformador, que se tornou um grande projeto social através de uma rede de ações em váriossegmentos sociais, com foco na cura do câncer infanto-juvenil, no Ceará, emparte do Nordeste e todo o Norte do país, no que concerne à Atenção Especializada, transformando a história do câncer infanto-juvenil no Ceará.


Dra. Marcia Medeiros - Coordenadora Projeto/COFEN; Dra. Carolina Mranhão - Coordenadora Estadual; Dr. Osvaldo Albuquerque - Presidente - COREN Ceará, Equipe da FANOR, Anjos da Enfermagem e Técnico de Artes - Flávio Rocha.

A inauguração contará com a participação dos Anjos da Enfermagem, Núcleo Fortaleza que foi recem escolhido entre os acadêmicos da FANOR. A Coordenadora Regional dos Anjos no Ceará, Dra. Carolina Maranhão (Conselhereira COREN/CE), estará firmando convênio com a Associação Peter Pan para assistir ao Hospital Dia e ao Centro Pediátrico do Câncer.

FONTE: COREN-CE Leia mais...

Dia das Crianças 2010

Em todos os estados, o dia das crianças foi comemorado com grande estilo. A sede realizaou um grande evento no dia 20, que contou com a participação dos anjos da enfermagem e de muitos doadores, como a empresa San Remo, de móveis e produtos infantis.


Coral da Cagece


Presentes Doados



Jogos e Brinquedos



Algodão Doce e Churros



Pipoca



Doações de Brinquedos



Reportagens



Bolo Personalizado


Ornamentação



Confira mais fotos no Flickr.

Assessoria de Comunicação - AE


Leia mais...

Dilma Rousseff envia carta a enfermagem brasileira

Brasília, 11 de outubro de 2010.
Amigas e amigos da Enfermagem Brasileira,
Aproveito a realização do 62º Congresso Brasileiro de Enfermagem, em
Florianópolis, onde profissionais de enfermagem debatem a “Organização e
Visibilidade Profissional”, para reafirmar meu compromisso com a melhoria da
qualidade da saúde pública no Brasil. Nesta oportunidade, assumo com vocês,
se eleita Presidente da República, o compromisso de apoiar a aprovação de
iniciativas legislativas que garantam a jornada de trabalho de 30 horas
semanais para os profissionais de enfermagem, como o Projeto de Lei nº.
2295/00 na Câmara dos Deputados, bem como as medidas necessárias para a
sua implementação, uma prática que já presente em vários municípios e
estados brasileiros.
Com o governo do Presidente Lula, a saúde deu grandes saltos. Ampliamos
significativamente a Estratégia Saúde da Família, aumentamos o número de
Agentes Comunitários de Saúde, criamos o “Brasil Sorridente”, o Serviço de
Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o Farmácia Popular e as Unidades de
Pronto Atendimento (UPAs). O investimento na Saúde da Família quadruplicou
entre 2002 e 2009: de R$ 1,3 bilhão para R$ 5,2 bilhões.
No governo Lula, adotamos inúmeras medidas para valorizar os trabalhadores
a exemplo da melhoria dos salários, da desprecarização de vínculos
trabalhistas com a realização de concursos públicos, da implementação da
Política Nacional de Saúde do Trabalhador, da criação de mecanismos de
participação, dentre outros.
Foram realizados vários concursos públicos, para o Ministério da Saúde,
hospitais próprios e órgãos vinculados e, mais um, já está aprovado,
totalizando oito, com preenchimento de milhares de vagas. Fortalecemos a
força de trabalho do SUS e melhoraramos as condições de vida dos
trabalhadores, em contraposição aos vinte e cinco anos sem concursos
públicos, dos governos anteriores.
Apesar dos avanços, todos sabemos que ainda há muito por fazer. A saúde
será prioridade em meu governo. Vou trabalhar dia e noite para fortalecer o
SUS, ampliar as políticas e os programas já existentes e construir 500 novas
UPAS. Darei especial atenção à “Saúde da Família”. Implantarei a Rede
Cegonha, focada no atendimento da mulher grávida, que certamente
contribuirá para alcançarmos as metas do milênio de redução da mortalidade
materna e infantil. Tudo isso, mantendo o diálogo permanente e a relação de
respeito com as organizações representantes dos trabalhadores em saúde,
diferentemente da realidade de governos anteriores ou em alguns estados do
Brasil .
Entendo que a Enfermagem é uma profissão essencial para a construção e
consolidação do SUS. Por isso, apoio a luta da categoria por visibilidade e
valorização profissional. A redução da jornada de trabalho para 30 horas
semanais é uma reivindicação justa e necessária, porque contribui para a
melhoria da qualidade do serviço à população.
Um excelente congresso a todas e todos!
Estaremos juntas(os) cuidando do povo brasileiro!
Brasília, 11 de outubro de 2010.
Dilma Rousseff
Leia mais...

Anjos Núcleo Paraná - Divertem crianças com Deficiência





Anjos da Enfermagem divertem pessoas com deficiência

No dia 25 de setembro ocorreu o Dia da Cidadania Especial no Parque Barigui, em Curitiba (PR). O evento proporcionou o oferecimento de serviços de saúde gratuitos e uma série de atividades programadas para pessoas com deficiência, sendo uma delas a participação dos Anjos da Enfermagem, que divertiram e alegraram a criançada.

Durante o dia inteiro três anjos paranaenses brincaram com os participantes do evento e também com quem passava por lá para conferir o a programação da feira. Para o presidente do CorenPR, Montgomery Pastorelo Benites “Esta atividade é importante pois valoriza e da voz as pessoas com deficiência. A enfermagem conhece muito bem esta realidade e por isso que nós, do CorenPR, sempre que podemos estamos contribuindo e ajudando.”

Os anjos do Paraná, além de realizarem suas atividades normais no hospital Pequeno Príncipe, participam de eventos como este, com o objetivo de sensibilizar a sociedade quanto à importância da assistência humanizada na recuperação dos pacientes.


Elisa Cordeiro
Assessoria de Imprensa CorenPR
Informações: (41) 33018402
imprensa@corenpr.org.br Leia mais...

Dia das Crianças com os Anjos do Núcleo Maranhão


Semana da Criança - Alegria e diversão dos Anjos da Enfermagem

O Grupo Anjos da Enfermagem do Maranhão irá participar de vários eventos em comemoração ao dia das Crianças - 12 de outubro. Através do lúdico eles irão levar educação e saúde à garotada.

Com uma agenda lotada, os voluntários irão fazer a festa das crianças, em várias Instituições.

Confira abaixo a programação e participe!

Dia 7/10 - Hospital Aldenora Belo

Dia 10/10 - Igreja Católica do Angelim

Dia 11/10 – Hospital São Domingos

Dia 12/10 – Corpo de Bombeiros (centro)


Assessoria de Comunicação - COREN MA Leia mais...

DIA DAS CRIANÇAS: Anjos da Enfermagem recebem brinquedos



Com a proximidade do Dia das Crianças (12 de Outubro), o Programa Anjos da Enfermagem está arrecadando brinquedos para repassar a crianças com câncer e todos podem participar deste ato de solidariedade.

Em Mato Grosso, a campanha está sendo realizada pela Coordenação Regional e terá o Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (COREN/MT) como um dos pontos de recebimento de doações. Os brinquedos doados serão repassados aos pacientes mirins do Hospital de Câncer de Mato Grosso, à Associação dos Amigos das Crianças com Câncer e, caso haja excesso, a comunidades carentes.

A coordenação regional busca parcerias com empresas (públicas e privadas), para que elas também doam brinquedos às crianças com câncer. Quem tiver interesse de firmar parceria, basta manter contato com a coordenadora do programa em Mato Grosso, Adores de Moura Moreira, pelo telefone (65) 3623-4075 (COREN/MT).

Dúvidas sobre a campanha de arrecadação de brinquedos podem ser sanadas também pelo telefone citado. O endereço do COREN/MT – posto de arrecadação – é Rua Batista das Neves nº 22, Ed. Comodoro, 7º andar, Centro Norte, Cuiabá.

A entrega dos brinquedos às crianças com câncer está prevista para o dia 27/10, às 9 horas, no auditório do Hospital de Câncer, quando haverá uma pequena festividade oferecida pelos Anjos da Enfermagem aos pacientes mirins.

Anjos da Enfermagem

O programa, que nasceu em 2003, na região do Cariri, no Ceará, foi implantado em Mato Grosso em maio deste ano e já é um sucesso: está presente em todos os eventos que envolvem a temática “crianças com câncer”.

A missão do projeto, tocado por enfermeiros e acadêmicos de enfermagem voluntários, é articular ações que promovam o exercício da cidadania, por meio do apoio às crianças com câncer.

Para os coordenadores do projeto, a alegria alivia o sofrimento das crianças com câncer, além de devolver a infância a elas, prejudicada pela lida com a doença.

Os Anjos atuam ainda em campanhas de auxílio às unidades de atendimento de crianças com câncer e promove pesquisas sobre o assunto.



Priscila Mendes
Comunicadora Social do COREN-MT
(65) 3623-4075 / 9962-0352 Leia mais...

Anjos da Enfermagem semeiam o amor durante o 13º CBCENF











Fonte:
Imprensa Cofen
“O Brasil vai ter que entrar na Olaria dos Anjos. Desce como vaso velho e quebrado. Sobe como vaso novo e renovado...”. O refrão de uma singela cantiga de roda anima ainda mais a plateia, presente no auditório Lavoisier Maia, nos momentos que antecederam a apresentação da peça “O poder inexplicável do amor”, escrita há cerca de cinco anos, pela enfermeira Jaqueline Duarte, fundadora do grupo Anjos da Enfermagem.
Seu enredo conta a história de uma enfermeira cujo envolvimento com a profissão era frio e técnico. Na sanfona, um “anjo” executa clássicos da música nordestina, como “O xote das meninas”, “Feira de Mangaio” e “Procurando tu” e interage com a platéia, que já veio preparada para a festa.
A encenação tem início e a figura central é o menino Gabriel, diagnosticado com leucemia. Diante do fato, o garoto é internado para o tratamento. A enfermeira Josefina é enredada em uma trama e acaba contaminada pelo encantamento de Gabriel, que procura plantar a semente do amor naquele coração aparentemente insensível. O menino replica à fria enfermeira o teor das conversas que teve com um novo amigo que conheceu no hospital, o Anjo Pitoco, que todos os dias lhe visita e traz um pouco de alegria àquele ambiente. O drama atinge seu ponto alto quando o médico diagnostica que o garoto perdeu a visão, por consequência do tratamento. Mesmo assim, as atitudes amorosas do garoto aumentam ainda mais e acabam por tocar o coração da fria e técnica enfermeira...ela estava curada de sua frieza.
A peça não é daquelas que têm um final feliz, pois a história de Gabriel é real e foi trazida ao palco por representar muitas outras histórias que enredam o dia a dia da Enfermagem. A mensagem, entretanto, da transformação daquela enfermeira, tocada pelo amor, ecoa na plateia, que lotava o auditório e aplaudiu de pé, a mensagem, em meio a lágrimas emocionadas de muita gente.
Ao final da apresentação, uma rápida celebração reuniu Mário Correa, presidente da Fundação Anjos da Enfermagem, Dra. Alzirene Nunes de Carvalho, presidente do COREN RN, e Dr. Manoel Carlos Neri da Silva, presidente do Cofen. Mario Correa, marido de Jaqueline Duarte, idealizadora do projeto Anjos da Enfermagem estava emocionado: “Eu não sei se consigo representar a Jaqueline aqui, mas como todos sabem, ela está cuidando da nossa filhinha de dois meses de vida, e por isso não pode estar conosco”.
Dra. Alzirene cumprimentou a todos pelo excelente trabalho que o grupo vem realizando, e parabenizou Dr. Manoel Carlos pela iniciativa de apoiar os Anjos. Ele, por sua vez, também visivelmente emocionado, compartilhou os cumprimentos com os conselheiros do Cofen, já que creditam aos Anjos da Enfermagem, esse espaço em 16 dos 27 Conselhos Regionais. A seriedade com que a Fundação Anjos da Enfermagem é gerida também mereceu os cumprimentos de Dr. Manoel Carlos.
**Por Sandra de Angelis Leia mais...

Lançamento do Informativo - AE bimestral

Nasce o informativo anjos da enfermagem, através do esforço de toda equipe da Coordenação nacional do Programa Anjos da Enfermagem: educação em saúde através do lúdico.


Página - 01


Página - 02


Página - 03


Página - 04

O informativo terá publicação bimestral, com uma tiragem de 30.000 exemplares. Não deixe de acompanhar em seu estado, tudo que os anjos vem conquistando.

Assessoria de Comunicação - AE Leia mais...

Anjos da Enfermagem no 13º. CBCENF - Natal - RN


Você não pode perder!!!

Além de um lindo stand, atrações, brincadeiras e muita diversão, os anjos da enfermagem, levarão para o CBCENF a peça de maior público em toda sua história; Sementes de amor, sementes que curam: o poder inexpliável do amor.A história de uma criança com câncer, que ensina e aprende o verdadeiro valor da vida.

Agende-se e não perca, essa peça irá mudar sua vida!

assessoria de comunicação - AE Leia mais...

Anjos da Enfermagem do Distrito Federal buscam parceria com o Governo do DF




Com o objetivo de fortalecer o projeto Anjos da Enfermagem no Distrito Federal, o Coren-DF vem buscando parcerias para ampliar a atuação dos voluntários junto aos hospitais da rede pública de Brasília. Nesse sentido, em reunião com a primeira-dama do DF, Karina Rosso, realizada ontem (01) solicitou apoio do GDF através da Secretaria de Estado de Saúde.

Participaram do momento a presidente do Coren-DF, Dra. Eloiza Sales Correia; a assessora da Fiscalização, Dra. Marilene Teixeira; e as enfermeiras Roberta Passetto e Thassia Soares e Silva, da coordenação dos Anjos da Enfermagem no Distrito Federal.
Na oportunidade, o grupo apresentou à Karina Rosso todo o projeto, que tem entre suas finalidades o apoio à criança com câncer e seus familiares, visando a melhoria de sua qualidade de vida; a promoção da humanização no serviço de saúde; a produção e a divulgação do conhecimento no âmbito do câncer infantil, e da utilização da cultura lúdica no apoio à criança com câncer.

Segundo a primeira-dama Karina Rosso, os Anjos da Enfermagem se encaixam perfeitamente na atual linha de trabalho do governo na área de saúde, voltada para a humanização de toda a rede pública, tendo como um dos projetos a criação de brinquedotecas na unidades locais. Esta garantiu, portanto, que vai concentrar esforços para viabilizar a parceria entre os Anjos e a SES/DF.

De acordo com Dra. Eloiza Sales Correia, o apoio do GDF e da Secretaria de Estado de Saúde é fundamental para ampliar o projeto e beneficiar um grande número de crianças por meio do trabalho lúdico desenvolvido pelos voluntários.

Atualmente, o núcleo dos Anjos da Enfermagem do Distrito Federal é formado por doze alunos do curso de enfermagem da Universidade Católica de Brasília, que fechou o acordo de cooperação com o projeto, tornando-se uma Universidade do Bem.


Fonte: COREN-DF Leia mais...

Ministério da Saúde faz ação para aumentar doações de medula óssea



Governo quer superar o recorde de 1,7 milhão de doadores. Graças à solidariedade e à organização da rede, quantidade de voluntários brasileiros passou de 10% para 64%

Os visitantes da Festa do Peão de Barretos (SP) já podem aproveitar para se cadastrar no banco nacional de doadores de medula óssea. Este ano, o Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Câncer (Inca) escolheram o local, de intensa circulação de pessoas, para uma ampla ação de incentivo ao cadastramento de doadores desse tipo de célula, cujo transplante é indicado para o tratamento de câncer, principalmente leucemia (câncer no sangue).

A largada para esse esforço foi dada pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão, nesta quinta-feira (19). A expectativa é que a ação resulte no aumento do número de doadores de medula óssea no país. “Em 2000, a probabilidade de se achar doadores compatíveis no nosso cadastro era de 10%. Hoje, já é acima de 65%. Por quê? Porque em 2003, tínhamos apenas 40 mil doadores registrados. Hoje já são mais de 1,7 milhão de cadastrados”, ressaltou o ministro. “Só Estados Unidos e Alemanha têm cadastros maiores que o do Brasil”.

Conquistas como essas são resultado da solidariedade dos brasileiros e de um conjunto de medidas desenvolvidas ao longo dos últimos anos, como a realização de campanhas, o aumento dos investimentos no setor e a qualificação de profissionais. De 2003 a 2009, a quantidade total de transplantes realizados no país aumentou quase 60% – passou de 12,7 mil para 20,2 mil/ano.

Só de medula óssea – que representa 7,5% do total de transplantes realizados no país – o número de procedimentos cresceu 57,5%, saltando de 972 (2003) para 1.531 (2009). Essa quantidade considera as três modalidades de transplantes de órgãos: autólogo (com material retirado do próprio paciente), aparentado (com doadores da família) e não-aparentado (doadores voluntários do Redome).

Para alcançar resultados como esses, o Ministério da Saúde aumentou em mais de três vezes os recursos aplicados na área dos transplantes, que passaram de R$ 327,8 milhões, em 2003, para quase R$ 1 bilhão (R$ 990,5 milhões) no ano passado.

“Avançamos muito, mas temos de avançar mais. A população brasileira é um mistura de europeus, africanos e índios, tem um perfil genético muito específico. Então, precisamos ter um cadastro representativo de todos os brasileiros”, observou o ministro. “Sabemos que em Barretos vão estar circulando nos próximos onze dias 700 mil pessoas de todo o país. É uma oportunidade maravilhosa de atrair principalmente os mais jovens para se tornarem doadores voluntários”.

AVANÇOS COM O REDOME – Desde 2000, quando foi criado o banco nacional de nacional de doadores – o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula (Redome), sob a responsabilidade direta do Inca – o Sistema Único de Saúde (SUS) investiu R$ 673 milhões na identificação de doadores para transplantes desse tipo de célula.

A iniciativa produziu impacto direto no total de transplantes de não-aparentados, feitos com doadores voluntários registrados no Redome. Os procedimentos com este perfil de pacientes (que não conseguem doador na família) aumentou 274% em seis anos – passando de 35 procedimentos, em 2003, para 131, em 2009.
Esse número é 140 vezes maior que o total de registros em 2000, por exemplo, quando havia 12 mil voluntários inscritos. O salto se deve, em grande parte, às campanhas publicitárias e ações de sensibilização realizadas pelo Ministério da Saúde e o Inca.

Com isso, o tempo de busca por um doador foi reduzido pela metade: era de um ano e atualmente está entre quatro e seis meses, período semelhante ao registrado nos Estados Unidos. As chances de se encontrar um doador compatível fora da família são de uma em 100 mil. Quanto maior o número de voluntários inscritos no banco nacional, maiores as chances de os pacientes conseguirem um doador.

AÇÃO EM BARRETOS – Na Festa de Barretos, o Ministério da Saúde e o Inca montaram o Estande Rancho do Doador, dentro do Parque do Peão, para a coleta de dados de pessoas interessadas em se tornar doadoras de medula óssea. Profissionais de saúde capacitados estão fazendo o atendimento durante os 11 dias da festa, festa quinta-feira (19) até o próximo dia 29, das 13h à meia-noite. A ação é realizada em parceria com o Hospital do Câncer de Barretos e Banco do Brasil.

“Para se tornar um possível doador, é muito simples. Basta preencher uma ficha e colher uma pequena quantidade de sangue para fazer parte deste cadastro brasileiro de solidariedade e capacidade de salvar muitas vidas”, reforçou o ministro Temporão.

O transplante de medula óssea é indicado no tratamento de câncer, principalmente aqueles que atingem o sangue (leucemia), o sistema linfático (linfomas) e para alguns tipos de anemias graves. Esse procedimento é realizado no Brasil desde 1979.

COMO SE INSCREVER – Para se cadastrar no Redome, o candidato a doador deve se dirigir ao hemocentro da cidade ou região onde mora. Qualquer pessoa entre 18 e 55 anos, com boa saúde, pode se inscrever. A partir daí, é realizado um cadastro dos dados pessoais e a coleta de pequena quantidade de sangue (de 5 a 10 ml) para exames.

Caso o voluntário seja selecionado para a doação, ele será chamado para fazer novos exames. O doador deve manter o cadastro no Redome sempre atualizado, pois poderá ser contatado anos depois. A doação de medula óssea é permitida até os 60 anos de idade.

A doação é um procedimento realizado em centro cirúrgico e requer internação por, no mínimo, 24 horas. O doador não precisa ter medo, pois a medula óssea recompõe-se em menos de um mês. Geralmente, os doadores retornam às atividades habituais depois da primeira semana. Uma pessoa pode doar várias vezes. A orientação é que o paciente espere seis meses para fazer uma nova doação.

Outras informações
Atendimento à Imprensa
(61) 3315 3580 e 3315 2351
Código da matéria 1598 Leia mais...

Anjos da Enfermagem do Sergipe realizam festa junina!

Os anjos da enfermagem do Núcleo Sergipe, realizaram linda festa junina para as crianças atendidas pelo programa.

Veja as fotos!


Entrega de presentes


Oração


Crianças atendidas pelo Programa


Crianças e Anjos


Ornamentação Leia mais...

O Núcleo Bahia cumpre a Campanha “DOE ALIMENTO, DOE VIDA” superando a meta que é de 40 Cestas



Durante visita ao NACCI - Núcleo de Apoio ao Combate do Câncer Infantil, os Anjos da Enfermagem entregaram 211,6 Kg de alimentos da CAMPANHA DOE ALIMENTO, DOE VIDA, entregue a instituição, sendo parte distribuída para as famílias atendidas na casa e parte para a manutenção da casa. A Casa de Apoio do NACCI atende e assiste família de crianças com câncer atendidas nos dois hospitais nos quais os voluntários do Núcleo Bahia realizam semanalmente as visitas – Oncopediatria do Hospital Aristides Maltez e Hospital Santa Izabel.

O objetivo da campanha é arrecadar e distribuir, entre instituições carentes e de tratamento e apoio a crianças com câncer, cestas básicas, promovendo a solidariedade e responsabilidade social dos estudantes e profissionais de enfermagem das universidades parceiras.

A Campanha é parte da programação nacional estabelecida pelo Instituto Anjos da Enfermagem, que contemplam sete campanhas programas a nível nacional, sendo esta a segunda campanha de 2010.

Destacamos o apoio do Núcleo de Extensão da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (parceira do projeto), que contribuiu diretamente para a realização da campanha, através da arrecadação da maior parte dos itens e repassou aos Anjos da Enfermagem – Núcleo Bahia, para realizar a entrega. Agradecemos as professoras Maria de Lourdes, Carolina Pedrosa e Thais Calasans, sendo esta última, a coordenadora local do Programa pela Bahiana

Assessoria de Comunicação -AE Leia mais...

Anjos da Enfermagem: Campanha em Pernambuco supera expectativa nacional

A campanha “Higiene é saúde”, promovida, em nível nacional, pelo Instituto Anjos da Enfermagem, foi criada com o objetivo de reunir doações de produtos de higiene infantil para compor kits que serão doados a instituições de saúde parceiras do projeto em todo Brasil.

Em Pernambuco, o desempenho da campanha superou a expectativa nacional, que estipulou uma meta de 15 kits de higiene a ser atingida.

O Projeto Anjos da Enfermagem em Pernambuco, instituído pelo COREN-PE, alcançou o número de 85 kits, compostos de shampoo, condicionador, hidratante, sabonete, pente, pasta e escova de dentes.

O número superado em doações foi resultado de uma parceria firmada com o SEL, Sistema Educacional Lavoisier, projeto também instituido pelo Conselho. As inscrições dos últimos cursos foram efetivadas com a doação de produtos para compor os kits da campanha.

A entrega destes kits será no dia 19 de julho, às 8h30, no Centro de Oncologia Pediátrica (CEONPE) e GACC (Grupo de Apoio a crianças com câncer), no Hospital Oswaldo Cruz, no bairro de Santo Amaro.

A coordenadora do Projeto em Pernambuco, dra. Andrea Carla Domingos, comemorou a meta superada. “A campanha foi um sucesso e veio cumprir não só um papel de suprir a necessidade material destes produtos, mas sim didaticamente mostrar a importância da higiene no dia a dia das crianças. Foi também uma oportunidade de promover a solidariedade e a responsabilidade social”, finalizou.




Preparação dos Kits


Kits completos

Assessoria de Comunicação - AE Leia mais...