A história - 12 anos de atuação


O Instituto Anjos da Enfermagem está completando 12 anos! Para celebrar vamos contar e relembrar a trajetória do maior programa de responsabilidade social da Enfermagem brasileira!



A história dos Anjos da Enfermagem é de muita luta, garra, determinação e persistência.

Tudo começou em maio de 2003, quando a então estudante de enfermagem, Jakeline Duarte, leu o livro O Amor é Contagioso, do médico norte-americano Patch Adams. A partir de então, sentiu-se motivada a criar um projeto que levasse principalmente o amor às pessoas necessitadas. Perguntou-se, então, quem seriam essas pessoas e chegou a uma conclusão: aquelas que estão hospitalizadas. Surge aí o principal campo de atuação dos Anjos da Enfermagem: os hospitais.

Até então, o sonho não era distinto de outros projetos já existentes no país, e no mundo. Mas Jakeline Duarte queria um grande diferencial: trabalhar com voluntários, estudantes de enfermagem.




Por que restringir o público para o trabalho? 
Além de ser uma estudante de enfermagem, Jakeline percebia o potencial de vários colegas, também universitários, pessoas do bem, que amavam a enfermagem e que se disponibilizavam a fazer um trabalho voluntário. Em pouco tempo, reuniu cerca de 30 estudantes, que se encontravam toda semana para debater sobre saúde, infecção hospitalar, como realizar as visitas e aulas de teatro.

Para isso, tiveram a ajuda do professor Ricardo, educador do Curso de Letras, que voluntariamente apoiou o projeto e dava aulas de teatro aos estudantes voluntários. Além dele, também tiveram o apoio da docente Dra. Fátima Antero, ministrante da disciplina de Saúde Coletiva, que orientava sobre a importância da educação em saúde.

E até hoje o Instituto Anjos da Enfermagem continua contribuindo para a formação acadêmica e profissional dos profissionais de enfermagem, tendo como sua missão educação em saúde através do lúdico e a humanização da assistência a saúde. 



Compartilhar post

Bookmark and Share

0 comentários :

Postar um comentário