Muita emoção na palestra de Dra. Jakeline Duarte no CBCENF


Dra. Jakeline Duarte em palestra sobre os Anjos da Enfermagem

Por onde os Anjos da Enfermagem passam, há sempre uma pergunta recorrente: “Como tudo começou?”. Ninguém melhor para contar essa história que a fundadora do Instituto Anjos da Enfermagem, Dra. Jakeline Duarte. E foi isso que ela fez no dia 11 de agosto, durante o 14º CBCENF, quando apresentou a palestra “Anjos da Enfermagem: Um Empreendimento de Sucesso”.

Durante uma hora e meia, a Dra. Jakeline pôde contar para as cerca de cem pessoas que foram ao Auditório Pinhais detalhes de como esse lindo projeto começou, ainda interior do Ceará, e de como ele cresceu e alcançou 16 estados brasileiros. Foram momentos que alternaram entre a emoção e as risadas. “Eu cheguei a passar mais de oito horas, sem almoçar, esperando para pedir um patrocínio de apenas R$ 600. Mas valeu a pena.”, contou, entre outras coisas.


Público sorriu e chorou com começo dos Anjos

Pouco antes de encerrar a palestra, Dra. Jakeline passou para todos, um trecho do filme “Paixão de Cristo”, do americano Mel Gibson. “Eu queria que vocês entendessem e gravassem, essa mensagem, que precisamos amar e ajudar aos estranhos, pois os próximos já recebem toda a nossa atenção”, disse ao final, sendo aplaudida de pé por todos.

Mas as emoções não acabaram por aí. A coordenadora estadual do Núcleo Sergipe, Dra. Mônica Novaes e as voluntárias Janaína, Manuela, Ivy e Grazielle fizeram uma linda homenagem à fundadora do Instituto. “Nós mandamos fazer essa boneca para simbolizar a presença constante e a inspiração da Dra. Jakeline em nossas vidas e queremos lhe presentear com ela”, disse Dra. Mônica, enquanto entregava o presente. “E ela também se chama Jakeline, viu?”, completou, levando todos aos risos.


Representantes do Núcleo Sergipe prestaram homenagem a Dra. Jakeline

Para levar ainda mais pessoas às lágrimas, as voluntárias deram seu depoimento sobre o quanto o projeto é importante. “Entrar nesse projeto foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Chegar no hospital e ver os sorrisos daquelas crianças, não tem preço”, declarou Janaína, Anjo Pimpolhinha.

Quer ver mais fotos? Entra no nosso Flickr!

Compartilhar post

Bookmark and Share

0 comentários :

Postar um comentário