Homenagem para quem ajuda o Registro de Doadores de Medula Óssea


Sônia Bridi recebendo homenagem

10/06/2010 - “Me sinto mais do que honrada. Quando entrei no INCA e vi como trabalham aqueles profissionais, com todo aquele carinho e dedicação, não consegui fazer a reportagem de outra forma que não de coração. Nós é que devemos homenagear o INCA”. Com essas palavras, a repórter da Rede Globo Sônia Bridi mostrou sua felicidade com a homenagem que recebeu na noite da quarta-feira, 9, durante o 3º Encontro Internacional sobre Registros de Doadores de Medula Óssea e Bancos de Sangue de Cordão Umbilical.

Além da repórter, foram homenageados a empresa Biometrix, parceira em muitos eventos e campanhas de doação de medula óssea, o Hemocentro do Amapá (Hemoap), que vem contribuindo para diversificar o perfil genético do Registro, e o doador Jorge da Luz, representando todos os voluntários cadastrados.

Diretor Comercial da Biometrix, Hallison de Almeida parabenizou os funcionários do INCA, responsáveis pelo Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME), pelo salto no número de doadores. “Vocês é que deveriam ser homenageados. Ver o REDOME, que quando começamos a apoiar tinha apenas 6 mil doadores, hoje com 1,6 milhão de cadastrados é realmente emocionante.”

Para Fabiano Fonseca, enfermeiro do Hemoap, a homenagem foi a coroação de dois anos de planejamento antes do início do trabalho de captação de doadores no hemocentro. ”Estou muito feliz. Não esperávamos essa homenagem. Isso só nos motiva a continuar trabalhando com novas ideias que discutimos aqui hoje”, afirmou.

Cadastrado desde 2002, Jorge da Luz estava visivelmente feliz. “Um ano após fazer o cadastro fui contemplado com a oportunidade da doação”, contou. E completou incentivando a doação: “Todos deveriam ser doadores, para poder fazer feliz outra pessoa, assim como eu fiz. Façam o cadastro, doem medula para que outros possam viver”.

Encerrando a cerimônia, Luis Fernando Bouzas, diretor do Centro de Transplante de Medula Óssea do INCA, agradeceu aos homenageados. “Temos muito o que comemorar. Mais do que uma rede de doação, temos uma rede de solidariedade. Jorge é um exemplo. Viu o cartaz da campanha de doação e logo se cadastrou. Obrigado ao Hallison, que sempre nos apoia, aos hemocentros e a Sônia Bridi que talvez tenha feito a melhor reportagem sobre banco de sangue de cordão umbilical que já vi” disse.

O 3º Encontro Internacional sobre Registros de Doadores de Medula Óssea e Bancos de Sangue de Cordão Umbilical termina dia 11 de junho e conta com 130 participantes de todas as regiões do país. Durante a quarta-feira, profissionais dos hemocentros, laboratórios de histocompatibilidade e bancos públicos de sangue de cordão discutiram melhorias para a rede de transplante de medula óssea do país, como a qualidade dos exames de compatibilidade, uso de novas tecnologias nos bancos de cordão e compartilhamento de informações do REDOME para pesquisas. Na quinta-feira houve palestras sobre técnicas de armazenamento de cordão e a nova nomenclatura para a área de histocompatibilidade.

Fonte:http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/inca/portal/home/foto_galeria/homenagem_cemo_2010

Compartilhar post

Bookmark and Share

0 comentários :

Postar um comentário